Gabinete de Acesso ao Ensino Superior

 

O GAES do ISCTE-IUL está disponível durante todo o ano para receber candidatos e futuros candidatos ao Ensino Superior e para esclarecer dúvidas sobre cursos e o acesso. As candidaturas ao Ensino Superior podem ser feitas no GAES, onde estão disponíveis profissionais que podem dar assistência durante o processo de candidatura.

O GAES funciona na sala 0S.2
Horário de atendimento: 10:00 às 16:00

Candidaturas em 2016/17

A candidatura ao Ensino Superior decorre no âmbito do concurso nacional organizado pela Direção Geral do Ensino Superior. É publicado um regulamento com as regras gerais do concurso, que estabelece as fases de candidatura, os contingentes e as preferências regionais e habilitacionais.
O Concurso Nacional de Acesso tem três fases. Na 1ª fase, as vagas são distribuídas por um contingente geral e por contingentes especiais (no máximo 20% do nº de vagas), nomeadamente:
— Candidatos oriundos das Regiões Autónomas;
— Candidatos emigrantes portugueses e familiares;
— Candidatos militares em regime de contrato;
— Candidatos portadores de deficiência física ou sensorial.

Mais informação:
Concurso Nacional

Condições gerais de acesso

Um candidato ao ISCTE-IUL deve reunir as seguintes condições:
— Ter aprovação num curso do ensino secundário ou habilitação legalmente equivalente;
— Ter realizado as provas de ingresso exigidas para o curso e ter obtido nessas provas uma classificação igual, ou superior, a 9,5 valores;
— Ter uma nota de candidatura igual ou superior ao valor mínimo fixado pelo ISCTE-IUL: 10,0 valores.
As provas de ingresso são válidas no ano da sua realização e nos dois anos seguintes.
Regime para maiores de 23 anos: O Decreto-Lei 64/2006, de 21 de Março, aprova as condições especiais de acesso e ingresso no Ensino Superior para os maiores de 23 anos sem habilitação de acesso, independentemente das habilitações académicas. Entende-se por habilitação de acesso ser-se titular do curso de ensino secundário ou equivalente e ter válidos os exames nacionais exigidos como provas de ingresso. O 12º ano ou equivalente, só por si, não pode ser considerado habilitação de acesso ao ensino superior. Para a entrada no ISCTE-IUL são realizadas provas específicas de cada curso. (Saber mais.)

Estudantes internacionais

Os estudantes que não tenham nacionalidade portuguesa nem de um Estado-membro da União Europeia, mas que tenham um domínio independente da língua portuguesa (mínimo de nível B2 de acordo com o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas) poderão também candidatar-se a uma licenciatura do ISCTE-IUL.
Primeira fase de candidaturas: 10 de fevereiro a 15 de março
Aconselha-se a consulta dos critérios de seleção, das propinas e custos de vida em Lisboa e da documentação necessária para a candidatura, que deverá ser feita através do sistema Fenix do ISCTE-IUL.


Tens dúvidas em relação às licenciaturas do ISCTE-IUL? Podes contactar-nos através deste formulário:

O teu nome:

O teu email:

O teu contacto telefónico:

A tua data de nascimento:

Qual é a tua nacionalidade?

Tens uma segunda nacionalidade? Se sim, qual?

Se tens uma segunda nacionalidade, que tipo de visto tens?

Algum dos teus progenitores reside legalmente em Portugal há mais de dois anos?

Que tipo de ensino secundário frequentaste?

Em que país concluíste ou vais concluir o ensino secundário?

E em que ano o concluíste ou concluirás?

A que licenciatura do ISCTE-IUL estás a pensar candidatar-te?

Estás a pensar candidatar-te através de que regime(s)?  Concurso nacional de acesso Concurso para maiores de 23 anos Mudança de curso, Transferência ou reingresso Titular de curso médio (CET de nível 5) ou de licenciatura Estudante internacional

Se (só ou também) escolheste o Concurso Nacional de Acesso: através de que regime(s)?  Regime Especial 20º A — Substituição de provas de ingresso por exames estrangeiros Contingente para emigrantes Contingente militar Contingente para deficientes físicos ou sensoriais

Escreve-nos aqui a tua dúvida (máx. 1200 caracteres):